Lista de sobrevivência #1 – Frio em NY

20 nov

Encarem como um refresco para o verão senegalês que invade o Brasil ou como um guia na hora de programar uma viagem de férias.

Fiz uma lista com dez itens de necessidade básica para sobreviver ao longo, lindo e melancólico inverno de Nova York.

1. Botas de chuva

Eu não sei como tinha vivido sem isso até hoje. Mas a questão é que facilita e muito a vida. E em casos de neve, mais do que facilita: torna possível sair de casa sem cair na primeira esquina ou ter um pé congelado amputado.

2. Paciência

Se você ainda não faz meditação está na hora de começar. Em alguns momentos você vai ser a pessoa que leva cotoveladas e empurrões na rua enquanto segura seus cadernos, computador, guarda-chuva e engole neve. Isso vai exigir paciência e controle das glândulas lacrimais. Em outros momentos, você vai ser a pessoa querendo dar cotoveladas e empurrões naqueles turistas completamente sem noção que param no meio da calçada. Você vai precisar de muita paciência para não jogar eles longe.

3. Camadas, camadas, camadas

Não basta se encher de roupas. Tem que se encher de roupas estilo degradé: mini blusa, regata, blusa de manga curta, meia manga, manga comprida, suéter fininho, blusão grosso, casaco de lã, casacão. Isso por dois motivos: vestir tudo o que você tem talvez não seja suficiente para te manter quente na rua; e todos, absolutamente todos os lugares fechados são aquecidos no nível Porto Rico. Resumo: fora – mendigo com mil camadas; dentro – biquíni.

4. Um cachorro, um amigo ou um namorado

No começo tudo é lindo. As folhas ficam laranja, vermelhas, amarelas, marrons. A neve cai e você chora de alegria. Tá frio, mas tem solzinho pra passear no parque e amar a vida. Aí de repente o sol fica uns sete dias sem aparecer. Você tem medo de se desintegrar ou congelar instantaneamente se sair de casa. Você começa a consumir Nutella em excesso ou qualquer outra coisa feita de gordura e isopor, tipo Cheetos. E aí, meu filho, se não tem ninguém pra te resgatar da escuridão e te levar pro mundo real (aquele onde você tem que tomar banho, escovar os dentes, se exercitar e comprar umas frutas frescas) você acaba entrando numa realidade paralela de hibernação. Há relatos de pessoas que vivem lá até hoje.

5. Chimarrão

Dane-se o café, o chá, o chocolate quente. Mate deveria ser lei nessa terra.

6. Meias

Mãe, não lê isso. Se você tiver menos de 15 pares de meia, desista. Não vai dar certo. Ou você lava roupa toda semana (hahahahahahaha) ou você começa a embalar os pés com jornal. Compre meias sempre que passar por elas.

7. Um tantinho de senso de humor

Não há temperatura negativa, nevasca ou até mesmo furacão que seja pior do que conviver com pessoas que reclamam dia, tarde e noite. Sim, está frio. Agora lide com isso. Meu cérebro já dói bastante sem ter que ouvir sua descrição de quão gelado/ventando/resfriado/sofrido você ou seu dia estão. Poupe-me.

Tendo isso, dá para segurar até a chegada da primavera (quando começam as coceiras, espirros e mudanças bruscas de temperatura).

Voltarei, com assuntos não climáticos, em breve.

(Post por Jeana Mattei)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: