Archive by Author

Combinações felizes

22 fev

Cores são o melhor recurso para deixar a casa mais alegre e divertida. Mas, o que utilizar, cores complementares, opostas, frias, quentes? O que não falta são regrinhas para combinações de cores na hora da decoração. Como reunir mais de uma cor no mesmo ambiente sem medo de errar? Hoje queremos apresentar o site Design Seeds, perfeito para quem quer uma paleta de cores inusitada dentro de casa e tem medo de “pesar na mão”, “enjoar” ou “diminuir o ambiente”… acredito que essas são as preocupações mais comuns e as grandes responsáveis por uma casa sem cor, não é mesmo?

Você também está nessa, morrendo de vontade de colorir a casa toda, mas anda com receito de se atrapalhar nas combinações? Este post é para você! Abaixo segue três combinações que nós adoramos, e que, na nossa opinião, sempre funcionam.

Imagem

Continue lendo

Anúncios

Romance Zumbi | Warm Bodies

17 fev

Quando assisti ao trailer de Romance Zumbi odiei a raça humana por ter criado tal lixo. Um romance impossível entre uma humana e um zumbi, quão ridículo pode ser isso, sério? Mas aí eu entendi que a ideia era ser meio ridículo mesmo. Aceitei e fui assistir.

 

Warm Bodies (acredito que no Brasil o filme vai se chamar ‘Meu namorado é um zumbi’) é filme pra sessão da tarde, tem tudo pra se tornar um clássico. Eu não estou dizendo que é bom, porque é ridículo. Mas é fácil de assistir e você não sente aquele ódio insano como sente enquanto está assistindo Crepúsculo. O típico filme pra se ver quando se quer evitar a fadiga.

Imagem

Continue lendo

Padronagem Chevron | Zig Zag na decoração

14 fev

A estampa Chevron, também conhecida por espinha-de-peixe, é aquela padronagem em forma de zigue zague com duas cores que invadiu almofadas, cortinas, tapetes, toalhas de mesa, roupas de cama e até pisos e papéis de parede, dando um toque de versatilidade a qualquer ambiente.

chevron

A estampa geométrica é bastante fácil de combinar e até mesmo de reproduzir, ela pode aparecer em versões multicoloridas (como nos inconfundíveis produtos da grife Missoni), ou em apenas dois tons, como o clássico preto e branco.

chevron

E a gente nem questiona, né? Com uma estampa marcante destas, qualquer ambiente ganha cara nova instantaneamente. Por ser uma padronagem forte ela parece difícil de combinar, mas impressiona quando fazemos o teste de misturá-la com diferentes estilos e cores.

Continue lendo

Breaking Bad

23 jan

Quando fiquei órfã de True Blood, estava procurando um outro seriado que me deixasse nervosa/ansiosa/assustada/apegada para preencher o vazio em mim. Meio sem querer, encontrei Breaking Bad no Netflix. Já tinha ouvido falar, mas mal sabia do que se tratava. Resolvi dar uma chance e grudou.

ImagemOuso dizer, talvez meio atrasada (ninguém mais fala sobre o programa, pois já está na quarta temporada) que é uma das melhores séries da atualidade. Tem ação, tem drama, tem lição de moral e falta da mesma. Continue lendo

Disney para crianças crescidas | Parte II

18 jan

Já leu a primeira parte do post? Leia aqui! Bom, agora que você já está dentro do complexo Disney (se depois de todas as dicas do post anterior você não estiver pelo menos perto, você nem merece continuar lendo isso aqui) vamos às atrações!

MagicKingdom

Magic Kingdom

Nem só de princesas e contos de fadas vive o Magic Kingdom… Se bem que isso não seria uma má ideia. Mas se você acha que é crescido demais pra isso e quer pular essa parte, eu sugiro que vá para a Frontierland. Uma parte do parque meio faroeste onde ficam duas das minhas atrações favoritas: a Splash Mountain e as melhores Turkeys Legs do mundo. Dica pra Splash Mountain: quanto mais pesado estiver o seu carrinho, mais divertido porque salta mais água. Então cole na fila com os gordinhos. E deixe pra comer a Turkey Leg depois… Vai que…

AnimalKingdomEntrance

Animal Kingdom

Imperdível mesmo é a Everest, melhor montanha-russa da Disney. O Safári é bem divertido e dá até para fingir que se está mesmo na África. Mas num dia quente de verão, não deixe de passar pelo Kali River Rapids, um passeio por um rio ‘com muita correnteza’ onde ou você se molha ou alguém te molha (sempre tem um desgraçadinho em cima da ponte com aquelas armas de água apontando pra tua cara).

HollywoodStudios

Hollywood Studios

Tower. Of. Terror. Apenas essas três palavras. Se você tem um pouco de amor pela sua vida, evite. Dá MUITO medo e se alguém falar o contrário, é tudo mentira. Mas para compensar o medo, um dos melhores restaurantes do complexo também está ali: o Hollywood Brown Derby. Cara de antigão, bem old fashioned, mas a comida é surpreendente. Vale cada centavo e é uma ótima opção pra fugir um pouco dos lanches. Continue lendo

Vamos jantar no banheiro hoje?

16 jan

Quando falamos em comer em um lugar nojento podemos dar várias conotações a essa frase: falta de cuidado no preparo dos alimentos, apresentação dos pratos ou conservação dos mesmos, pela falta de limpeza do local ou até, por parte das grosserias dos funcionários. Diz o bom senso, a higiene e minha mãe que banheiros não são o melhor ambiente para fazer refeições. Bem, eu concordo. Mas, ao que parece, nem todo o mundo concorda com isso, os clientes do Modern Toilet, principalmente. Lá a decoração e os utensílios são inspirados em um banheiro. Isto mesmo!

modern toilet

Continue lendo

Disney para crianças crescidas | Parte I

7 jan

Atendendo a pedidos de uma certa criança crescida que eu conheço (não vou citar nomes, tá Fran?), resolvi falar um pouco de Disney para aqueles que querem um pouco mais do que um parque temático. Eu devo salientar que vou falar só um POUCO mesmo, porque esse é um assunto que eu amo e posso facilmente ficar três anos falando só disso. E já aviso que não vai caber tudo em um post, então faremos uma versão em capítulos.

Imagem

O primeiro #DisneyFact desse post é que Disney é um lugar para todas as idades. Ou você gosta da Disney ou você é um talibã. Ou tem problemas psicológicos. E eu não me importo se estou sendo preconceituosa, minha lógica é muito simples: não confie em pessoas que não gostam da Disney.

O #DisneyFact número dois é: aquelas pessoas que administram o parque (eu vou chamar de parque só porque fica meio feio falar ‘o lugar mais feliz do mundo’) sabem que é um lugar para todas as idades, portanto, eles criam atrações para todas as idades e adaptam isso ao longo do tempo. Então vá com fé, você não vai ficar sem o que fazer. Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: